05/08/2019

Grupo de trabalho discute detalhes do Defensoria sem Fronteiras que acontecerá em setembro no ES

O coordenador de Execução Penal da Defensoria Pública do Estado, Marcello Paiva de Mello, reuniu-se com membros do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), da Defensoria Pública da União (DPU) e do Judiciário Estadual para tratar dos detalhes da edição da Defensoria Sem Fronteiras, que acontecerá no Estado em setembro.

O projeto do Colégio Nacional dos Defensores Públicos Gerais tem como objetivo levar defensores públicos de todo Brasil para auxiliar nos processos de um determinado Estado. No caso do Espírito Santo, os defensores públicos atuarão nos processos de execução penal. A atuação da Defensoria sem Fronteiras acontece em conjunto com o Mutirão Carcerário Eletrônico coordenado pelo CNJ.

Participaram da reunião, entre outros, o coordenador de Direitos Humanos, Infância e Juventude, Hugo Fernandes Matias; as defensoras públicas do Estado, Keyla Marconi e Mariana Farias; os defensores públicos da União, Alexandre Kaiser e Karina Rocha; o juiz auxiliar da presidência do CNJ, Luís Geraldo Sant’Ana Lanfredi, o representante do CNJ para o Espírito Santo, David Anthony, e as juízas Gisele Souza e Graciela de Rezende.

 

 

Fonte: Comunicação DPES